• Gleidson Magalhães

Sinistro! Intrigante! E os diversos conceitos e preconceitos sob uma ótica noturna


Ao escolhermos o inusitado tema do trabalho de Gilvan Silva, resolvemos trazer para sua profissão um lado de humanização, no que se refere as diversas dificuldades por ele encontrada diariamente, tanto no âmbito de sua labuta, quanto em questões sociais que por muitas vezes ficam veladas. Quer seja por governantes em sua relação mais ampla de direitos trabalhistas (quando não reconhecem esses trabalhadores como se deve dando-lhes salários dignos) ou por meio de preconceitos sociais, que por vezes são quase que invisíveis e ocultam o valor e a importância de seus serviços, em detrimento de suas práticas de serviços funerários reduzindo esse profissional ao mero preconceito “o coveiro”.

Procuramos através de uma iluminação propícia, com dois flashes, acentuar o clima com tons de mistério sem deixar de fazer referências aos seus acessórios de trabalho que ajudaram na composição como: cruzes, pás, picaretas.

A posição do flash em seu rosto ou do seu corpo em posições que simularam a sua rotina de enterros serviram para gerar através das fotos aquilo que ludicamente já mexe com as pessoas: a morte.

Gilvan, nosso profissional da área e colaborador, apesar de um pouco introspectivo, cooperou com as poses que o pedíamos em cada foto. Nelas retratamos uma perspectiva social e humana desse profissional coveiro, também conhecido como sepultador chamando atenção para um serviço esquecido, ignorado e às vezes desprezado por muitos.

O foi cenário preparado por nossa turma nas proximidades do estacionamento da Central de Aulas da UEPB, em Bodocongó. A locação trouxe à tona imagens não tão costumeiras e que por se tratar de um tema por muitas vezes de dor ou cheio de crenças e lendas, buscamos de uma maneira objetiva, com o jogo de luzes, focar e mergulhar nessa realidade.

Também quisemos aprender e absorver visões diferentes sobre essa profissão, que leva muitas pessoas a preferirem sepultar o assunto por toda essa atmosfera sentimental ou psicológica que o permeia.

FICHA TÉCNICA:

Texto de Bastidores: Gleidson Magalhães

Equipe: Allan Victor, Everson Franklin, Gleidson Magalhães, Maiza Alves, Victor Emmanuel.

Monitoria: Mayara Bezerra.

Supervisão editorial: Rostand Melo.

#coveiro #Morte #Trabalho #bastidores

Supervisão Editorial: 

Rostand Melo (DRT-PB 2717)

coletivof8.foto@gmail.com

Projeto de extensão - cota 2019/2020

Edital nº 02/2019 - PROEX/UEPB 

Decom2.png

© 2018-2020 Coletivo F8

Todos os direitos reservados

Logo Coletivo F8 criada por: Alexandre César.

© 2018-2020 Coletivo F8

Todos os direitos reservados