• Bianca Letícia, Emanuelly Nogueira

Busca pelo corpo perfeito gera transtornos e doenças

Atualizado: Ago 4






Foto: Willy Araújo / Coletivo F8



A preocupação com o corpo para uma parte da população tem se tornado uma aflição constante. As redes sociais e a mídia se tornam um verdadeiro palco de exibição de corpos com padrões inalcançáveis. As entrevistadas que sofrem com esses padrões preferem em muitos casos não serem identificadas, por vergonha, medo do preconceito ou se tornarem motivo de bullying.

O sociólogo e antropólogo Sebastião Andrade afirma que toda sociedade no contexto da sociedade atual o corpo ocupa um lugar em destaque, é através dele que agimos e reagimos com a sociedade em geral, então alguns padrões acabam sendo impostos. E o ser humano a busca da perfeição mesmo que inconscientemente se cobra de atingir padrões “perfeitos”.

Foto: Emanuelly Nogueira/ Coletivo

Sebastião ainda ressalta que dessa forma, a sociedade é afetada por consumo desenfreado de produtos e serviços de beleza e, por consequência, doenças psíquicas e somáticas como, por exemplo, bulimia, anorexia, depressão, baixa autoestima, entre outras que são consequências de busca pelo “padrão” que na maioria das vezes é inatingível.

Para a jovem M.M, de 15 anos, a beleza corporal é algo que a causa bastante preocupação. “Você tem que estar de acordo com os padrões corporais da maioria das pessoas. Atualmente peso 58 quilos, mas, estou fazendo regime para diminuir pelo menos uns 5 a 8 quilos. Morro de medo de mostrar minha barriga com gordurinhas por aí. Já já eu chego lá. Me aguarde verão 2019.”

Outra entrevistada, D.N disse que não se sente feliz com a aparência que o espelho mostra. “As pessoas querem saber do caráter. Tem dias que olho no espelho, me acho magra. Tão feia! Choro, me tranco em meu quarto e até me nego a sair de casa. Mas tem dias que acho que o mundo é meu e fico muito narcisista”, afirmou.

FICHA TÉCNICA:

Fotografia e reportagem: Bianca Letícia, Emanuelly Nogueira, Isabela Bandeira e Willy Araújo

Pós produção: Willy Araújo

Monitoria: Carla Miranda

Edição: Emanuelly Nogueira

Supervisão Editorial: Rostand Melo

Agradecimentos: Professor Sebastião Andrade

#Bulimia #Corpo #Padrão #Beleza #Medir #Doença

0 visualização

Supervisão Editorial: 

Rostand Melo (DRT-PB 2717)

coletivof8.foto@gmail.com

Projeto de extensão - cota 2019/2020

Edital nº 02/2019 - PROEX/UEPB 

Decom2.png

© 2018-2020 Coletivo F8

Todos os direitos reservados

Logo Coletivo F8 criada por: Alexandre César.

© 2018-2020 Coletivo F8

Todos os direitos reservados