• Samanta Rocha, Marcus Pedrosa, Maria Luiza

Choque de realidade: os bastidores da pauta do Açude de Bodocongó

Atualizado: 1 de Set de 2020


Wallington no final do rolê já queimado do sol.

Foto: Marcus Pedrosa.


Na reunião de pauta, o grupo pensou no Açude de Bodocongó, em primeira vista, nosso grupo queria mostrar a história do açude que completou 100 anos, e a vida e a luta dos pescadores que pescam no açude Bodocongó para conseguir o seu sustento e de suas famílias. Conseguimos o contato do professor Josemir Camilo, do curso de história da UEPB, que nos ajudou com a parte histórica do açude.

Mas quando fomos a campo, nossa pauta mudou completamente, vimos o outro lado do açude, um lado sujo que nem todo mundo vê, vimos à problemática, vimos de perto um açude completamente poluído, onde animais nadam e toma banho, pessoa lavam roupas, o esgoto a céu aberto que cai dentro do açude, moradores contaram que os caminhoneiros que transportam frangos, lavam as caixas que transportam os animais, caminhões pipas que pegam a todo o momento a água poluída do açude para vender e vimos pescadores pescando em uma água suja, pescando seja para consumo próprio ou vendendo para conseguir o seu sustento.

Macus de ressaca na vibe paz e amor.

Foto: Wallington Cruz.

Passamos à manhã inteira as margens do açude. Demos uma volta inteira com o sol quente sobre nossas cabeças e conversamos com moradores e pescadores daquele local.

Ficha Técnica:

Monitora: Joyce Lima

Supervisão: Rostand Melo

Pós produção: Samanta Rocha, Malu Teixeira, Marcus Pedrosa, Wallington Cruz

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo