• Marvin O. Santiago

A Sinfonia da Foto: fotografando no recanto do poeta Rangel Jr


Uma experiência diferente e cheia de aprendizados, a visita à casa do Reitor Rangel Júnior se deu numa bela tarde de quinta-feira, com céu aberto e favorável à construção fotográfica. O professor Rostand já nos aguardava lá com seu equipamento pronto e – como sempre – disposto a fazer tudo para nos orientar. O Reitor foi bastante hospitaleiro e cooperativo, sabendo que ia poder pegar em seu Violão.

Escolhemos uma bela varanda com vista para uma graminha clara iluminada pelo sol do fim da tarde como cenário principal, e a primeira brincadeira que pensamos em criar foi deslocar o Flash ao redor do entrevistado, criando um jogo de sombras diferenciado, que ia se mexendo de centímetro a centímetro no violão e rosto, até encontrarmos o retrato perfeito.

A proposta e realização dos Retratos dessa figura foi algo que entre a estética convencional de Modelo e a estética de Entrevista, a última – do flagrante – saiu na melhor, e como visto, as caras e bocas mais interessantes saíram dos momentos mais descontraídos entre uma nota e outra do violão de Rangel.

Tentamos passar através da sequência de fotos a ideia de rever a figura do Reitor de nossa universidade. A medida que ele falava alegremente sobre suas experiências, sentíamos a liberdade de aproximar a câmera ainda mais de sua persona, pois estávamos envolvidos à suas notas musicais, como se tudo ao redor fizesse parte da orquestra. Até os sons dos Clicks.

De repente, entre uma explosão e outra do flash, uma pequena criatura vem se rastejando para perto da mesa onde ocorria nosso ensaio. Era um morceguinho sem asas, correndo pela vida. “é, mais tarde as corujas vão lanchar ele, podem ficar tranquilos” dizia Rangel, e todos deram uma boa gargalhada.

O mais interessante foi o apoio moral por trás das palavras do Fotografado, pois ele falava muito do “fazer arte” para aliviar-se de tudo, e falava isso a todos que se atreviam a fazer suas artes, até a nós, que fotografávamos.

Ao fotografá-lo, sentimos algo como um choque de realidade: As notas que Rangel Júnior tocava em seu límpido violão não poderiam ser registradas pelas Imagens, e elas ficaram apenas na nossa memória.

Ficha técnica:

Texto dos bastidores: Marvin O. Santiago

Equipe: Isaac Falcão, Iuri Amorim, Wesley Farias e Edson Tavares

Supervisão/orientação: Rostand Melo.

#Retratos #RangelJunior #Bastidores #música

0 visualização

Supervisão Editorial: 

Rostand Melo (DRT-PB 2717)

coletivof8.foto@gmail.com

Projeto de extensão - cota 2019/2020

Edital nº 02/2019 - PROEX/UEPB 

Decom2.png

© 2018-2020 Coletivo F8

Todos os direitos reservados

Logo Coletivo F8 criada por: Alexandre César.

© 2018-2020 Coletivo F8

Todos os direitos reservados